Carboxiterapia

 

 

A carboxiterapia é um tratamento estético que pode ser realizado por médico e fisioterapeutas especializados, realmente funciona para eliminar a celulite, gordura localizada, estrias, olheiras, rugas e flacidez. O tratamento consiste na aplicação de CO2 (gás carbônico anidro) sob a pele, de 15 a 30 minutos por sessão.

O gás carbônico aplicado sob a pele aumenta a circulação sanguínea local e favorece a formação de colágeno, o tecido que dá sustentação à pele, e devido a este fator a pele fica mais firme e mais lisinha. A carboxiterapia possui um efeito progressivo e melhores resultados são observados após 2 ou 3 dias de cada aplicação.

Quem deseja realizar o tratamento deve ter o cuidado de não pegar sol e de não usar cremes autobronzeadores antes e durante o tratamento.

  • Celulite: reduz o inchaço local e queima a gordura da celulite devido ao aumento da circulação no local. Saiba mais em: Carboxiterapia elimina celulite.
  • Estrias: alonga os tecidos do local e preenche a região com gás, estimulando a produção de colágeno. Conheça melhor em: Carboxiterapia para estrias.
  • Gordura localizada e flacidez: melhora a circulação sanguínea no local da injeção, facilitando a queima de gorduras. Veja ainda: Carboxiterapia para gordura localizada.

 

Além disso, a carboxiterapia também pode ser utilizada como terapia complementar à lipoaspiração, podendo ser feita em todas as regiões do corpo, inclusive nos seios.

 

Algumas mulheres relatam que a carboxiterapia dói, mas que esta é uma dor suportável, como se fosse uma picadinha de um mosquito, por exemplo. E que vale a pena o pequeno sofrimento, pois os resultados são surpreendentes. Dependendo do objetivo da cliente, os resultados da carboxiterapia já podem ser vistos por ela mesma após 5 ou 6 sessões e pelos outros a partir da 7ª sessão.

 

Riscos da carboxiterapia

Os riscos da carboxiterapia são raro, no entatno, podem surgir alguns efeitos colaterais como:

  • Dor e inchaço no local da injeção;
  • Sensação de dormência ou de ardência na pele;
  • Pequenos hematomas na região da aplicação;

Devido à existência de alguns efeitos colaterais, a carboxiterpaia está contraindicada em casos de alergia na pele, gravidez, herpes, doenças infectocontagiosas, problemas de coagulação.

Quantas sessões de carboxiterapia fazer?

O número de sessões de carboxiterapia a serem feitas vai depender do objetivo do indivíduo. Geralmente, as clínicas estéticas oferecem pacotes de 10 sessões, que devem ser realizadas de 02 a 03 vezes por semana.